13º BPM

Polícia Militar de Santa Catarina

Ituporanga inicia programa de Rede de Segurança Escolar

No mês de maio do corrente, iniciou-se na sede da 4ª Companhia do 13º Batalhão de Polícia Militar o programa Rede de Segurança Escolar nos estabelecimentos de ensino de Ituporanga, com o objetivo de tornar o ambiente escolar ainda mais seguro para alunos e professores.

Num primeiro momento, policiais militares visitaram os estabelecimentos escolares e estabeleceram contato com a direção e assistentes técnicos pedagógicos das escolas para apresentação do programa e a realização de consultoria de prevenção ao crime escolar, através de um minucioso levantamento das unidades de ensino, de modo estabelecer-se um panorama e obter-se informações importantes à realização de policiamento, assim como para estimular modificações e melhorias nas rotinas e no ambiente escolar, com vistas a prevenção de problemas afetos a segurança pública em tais ambientes.

Nesta primeira etapa, foram visitados 06 estabelecimentos escolares e, gradualmente, todos os estabelecimentos de ensino de Ituporanga serão contemplados.

O programa foi institucionalizado em duas etapas, que possuem objetivos bem definidos. A primeira, com o propósito de criar e fortalecer vínculos junto à comunidade escolar; e a segunda, de prestar consultoria com base nas estratégias de prevenção situacional e prevenção através do desenho urbano, além de programação operacional com intensificação de policiamento.

A Rede de Segurança Escolar soma-se ao Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), embora tais programas se constituem diferentes e com regramento próprio.

O policiamento que integra a rede de segurança escolar fará parte de uma rede composta pelos representantes das unidades de ensino, utilizando redes sociais (aplicativo de smartphone “WhatsApp”) para fortalecer os vínculos e estreitar o canal de comunicação, todavia, é importante salientar que esse canal de comunicação não substitui o número de chamadas de emergências 190, que deve ser utilizado para ocorrências.

(Texto: capitão Vanilo Vignola – comandante da 4ª Cia/13º BPM)

Comentários desabilitados.